P-princ.1

 


Vídeo

VERSÃO ESCRITA DO VÍDEO

A Prefeitura, em 29 de abril de 2019, impôs a penalidade de demissão a servidor que ocupava alto cargo na administração. O motivo foi a prática de ato ilí­cito. Que me lembre, coisa parecida nunca tinha acontecido. Restava esperar, então, que a Prefeitura tomasse providências para que o ilí­cito não se repetisse. Nada indica que tomou. A necessidade se mostrava ainda mais evidente se fosse levado em conta que o ilícito não foi nem notado pela administração. A administração só soube do que estava ocorrendo porque foi comunicada pelo Fórum da cidade. Não fosse esse comunicado quem sabe, até hoje, ninguém estaria sabendo da irregularidade. O ilícito teve relação com finanças. Com dinheiro. Finanças públicas precisam ser de fácil acesso pela população interessada. A tal ponto o acesso tem que ser fácil que qualquer cidadão pode, pelo menos, desconfiar de que o município está sendo lesado. A Prefeitura deve essa transparência.




Autor: Jornal Acorda Brasil
http://www.jornalacordabrasil.com.br

URL:
http://www.jornalacordabrasil.com.br/modules/xt_conteudo/index.php?id=842